segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

ESQUEMA SOBRE A ACÇÃO E A SUA REDE CONCEPTUAL

QUADRO ESQUEMÁTICO
ACÇÃO
Uma acção é um acontecimento desencadeado pela vontade e intenção de um agente. Não é um simples acontecimento, não é simplesmente algo que um agente faz, é algo que um agente faz acontecer intencional ou propositadamente.
Um exemplo de acção
Vou à farmácia comprar uma embalagem de aspirinas porque me dói bastante a cabeça.
A dor de cabeça é algo que me acontece mas ir à farmácia comprar o medicamento é algo que eu faço acontecer porque quero tratar a dor de cabeça. Vou à farmácia com esse propósito e por esse motivo.
A rede conceptual da acção
Que conceitos são necessários para caracterizar uma acção?
       1 - Deliberação
2 - Decisão
                                  3 - Intenção, crenças e desejos
4 - Motivo
                                                         5 - Consequências
Deliberação
Decisão
Intenção, crenças e desejos
Antecede habitualmente a decisão e consiste em ponderar diferentes possibilidades de acção
Ex: Devo ir à farmácia ou não? Será que não há alguém que possa ir por mim? A aspirina não irá fazer – me mal ao estômago? Se calhar isto passa sem tomar medicamentos, dormindo um pouco.

Momento em que se escolhe uma das alternativas ou possibilidades de acção, preferindo uma delas.
EX: Vou à farmácia. Esta dor de cabeça tem de ser tratada com medicamento e não vou poder dormir.

Trata – se do que pretendo com a acção. Neste caso a intenção é tratar uma dor de cabeça.
  Quando perguntamos "0 que quer fazer aquele que age?", referimo-nos à intenção, ao que o agente pretende ser ou fazer.

Motivo
Consequências
O porquê ou a razão de ser da acção.
"Por que razão quero ir à farmácia comprar um medicamento para tratar uma dor de cabeça?» A resposta apresentar-nos-á o motivo dessa decisão, tomando-a compreensível. O motivo pode ser acabar com o desconforto físico e poder trabalhar em melhores condições.
O que resulta da acção para quem a realiza e para quem esteja directa ou indirectamente envolvido. Fico em boas condições para trabalhar, o que me agrada ou agrada ao patrão. Fico também de melhor humor o que é bom para quem eventualmente viva ou conviva comigo. Fico aliviado porque a dor passa, sinal de que parece nada ser de grave.





Sem comentários:

Publicar um comentário